Início » Uncategorized » Randolfe rebate denúncias e entrega dossiê pedindo investigação

Randolfe rebate denúncias e entrega dossiê pedindo investigação

O senador Randolfe Rodrigues (Psol-AP) foi recebido na quarta-feira (13), pelo procurador-geral da República, Roberto Gurgel, e entregou a ele o dossiê que está sendo distribuído no Senado, com falsas denúncias sobre ele. Randolfe pediu à PGR que investigue essas denúncias, para comprovar sua falsidade. Além disso, entregou os documentos referentes a todas as medidas judiciais adotadas pelo senador para essa comprovação.
O procurador se mostrou surpreso diante das informações apresentadas por Randolfe, e depois de informado do conteúdo do dossiê, comprovou que os documentos foram protocolados na PGR pelo Sr. Fran Soares Nascimento Júnior.

MP /AP considera improcedente denúncias: o senador já começa a receber respostas das instituições acionadas. O Ministério Público do Amapá informou no começo da noite desta quarta-feira (13), a resposta emitida à representação protocolada por Randolfe em agosto de 2012. O MP/AP considerou as denúncias improcedentes e investigará o autor delas por falsidade ideológica.
O Banco do Brasil enviará ao senador, a microfilmagem de todos os cheques recebidos por ele, no período de seu mandato de deputado estadual. Randolfe também protocolou uma Notícia Crime, em setembro de 2012, no Ministério Público Federal. Nela ele pede que o MPF investigue o autor do recibo falsificado que consta no dossiê e que seja realizada uma perícia nos documentos. Na Polícia Federal, Randolfe solicitou a abertura de inquérito.
Segundo o dossiê, Randolfe teria recebido a quantia de R$ 20 mil (vinte mil reais) pagos em cheque, entre 1999 e 2002, período do segundo mandato do governador do estado do Amapá, João Capiberibe (atualmente senador). Na época Randolfe era deputado estadual e o pagamento teria sido efetuado para garantir o voto de Randolfe em favor do governo na Assembleia. No mesmo mês que o acusam de receber o tal “mensalinho”, sua atuação na oposição lhe rendeu a suspensão do pagamento de seu salário na AL. O então deputado Randolfe Rodrigues, só obteve o direito de receber seu salário novamente, após ação na justiça.
Na tribuna do Senado, nesta terça-feira (12), Randolfe manifestou sua indignação com as falsas denúncias divulgadas sobre ele e atribuiu sua autoria aos representantes do “crime organizado” no Amapá. (Fonte: Blog do Senador Randolfe Rodrigues)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s