Início » Uncategorized » Apenas 15% dos blocos amapaenses foram arrematados no leilão da ANP

Apenas 15% dos blocos amapaenses foram arrematados no leilão da ANP

Image

Apenas 14 blocos, dos 97 oferecidos nas quatro áreas localizadas na Foz do Amazonas, costa amapaense, foram arrematados na manhã de ontem na 11ª Rodada de Licitações de Petróleo e Gás, da Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocumbustíveis (ANP).
A rodada, a primeira em cinco anos, foi realizada durante todo o dia de ontem, com oferta de 289 blocos em 23 setores, distribuídos em onze bacias sedimentares e totalizando 155,8 mil km² de área de prospecção de petróleo e gás natural.
Dos 289 blocos oferecidos, 166 localizam-se no mar, sendo 94 em águas rasas e 72 em águas profundas. Os outros 123 blocos estão localizados em terra.
As empresas ou consórcios vencedores da licitação da Foz do Amazonas devem investir um total de R$ 1.642.489 bilhão na fase de exploração das áreas, o que deve ocorrer num prazo de 5 a 8 anos. Para arrematar os blocos licitados na costa amapaense, as empresas pagaram um bônus total de aproximadamente R$ 802 milhões. Os recursos dos bônus são destinados à ANP, realizadora da licitação.
A oferta de blocos na Foz do Amazonas era uma das que estavam cercadas de mais expectativas na 11ª Rodada. Dos 155,8 mil km² da área total leiloada na rodada, 44,5 mil km² eram de blocos na costa do Amapá. Contudo, com os 14 blocos adquiridos pelas empresas licitantes, apenas 10.543 km² foram arrematados, o que representa cerca de 23% da área total oferecida na região.
A primeira área licitada na costa do Amapá, denominada de SFZA-AP1, foi a mais disputada. Dos nove blocos oferecidos, oito foram arrematados, totalizando 6.131 km², de uma área total de 6.705 km². A área rendeu bônus de R$ 750.130.173,00, incluindo o valor recorde de R$ 345.950.100 milhões pelo lote FZA-M-57, arrematado pelo consórcio formado pelas empresas Totasl E&P Brasil, Petrobras e BP EOC.
O mesmo consórcio, no qual a Total E&P tem 40% de representação, a Petrobras, 30% e a BP, 30%, arrematou outros quatro lotes nesta mesma área. Os demais lotes da SFZA-AP1 foram vencidos um pela OGX, um pelo consórcio BP EOC (70%) e Petrobrás (30%) e um pelo consórcio Queiroz Galvão (35%), Premier Oil (35%) e Pacific Brasil (30%).
Localizada em águas profundas, a SFZA-AP1 fica às proximidades de bacias petrolíferas exploradas com êxito na Guiana Francesa e daí o maior interesse das empresas na aquisição dos blocos nela incluídos.
A segunda área de águas profundas na costa amapaense, a SFZA-AP2, com seis blocos, teve apenas um deles arrematado. A empresa vencedora foi a multinacional BHP Billiton, que pagou bônus de R$ 20,1 milhões pelo bloco e planeja investir R$ 52,3 milhões na fase de exploração da lavra. Os outros cinco lotes não foram arrematados. Apenas 2.301 km², dos 11.509 km² oferecidos nessa área foram adquiridos.
As duas outras áreas da costa amapaense, na Foz do Amazonas, são de águas rasas, a SFZA-AR1 e SFZA-AR 2.
Na primeira, foram oferecidos em leilão 56 blocos, mas apenas dois foram adquiridos, um deles pela empresa Brasoil Manati, que pagou R$ 5.987.885 milhões de bônus, e o segundo pela Ecopetrol, com bônus de R$ 4 milhões. As duas empresas planejam investir R$ 14,3 milhões nos dois blocos, na fase de exploração do trabalho.
Por fim, a área SFZA-AR 2, da qual foram oferecidos 26 blocos, apenas 3 foram arrematados, com bônus total de R$ 22.604.524 milhões. Dois blocos da SFZA-AR 2 foram adquiridos pela Brasoil Manati, que pagou R$ 12,5 milhões de bônus. Um bloco foi adquirido pela BHP Billiton, com pagamento de R$ 10,05 milhões de bônus. Na fase de exploração dos três blocos, as duas empresas devem investir R$ 57,7 milhões. (Publicado no Jornal do Dia desta quarta-feira)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s