Início » Uncategorized » Entre Aspas

Entre Aspas

De um lado e outro – O governo não dormiu no ponto e correu pelos dois lados. Tanto chamou o sindicato dos professores para conversar e buscou ao mesmo tempo apoio no Judiciário.

Sem confiança – Do jeito que o governo estadual tenta resolver esse tipo de situação não há como existir confiança por parte dos professores. Imaginem: eu te chamo para entrar em um acordo e ao mesmo tempo busco a Justiça já visando que nossa conversa não vai dar em nada. Onde está o poder de convencimento do GEA? Não existe?

Só para garantir – Para os professores, esse tipo de comportamento anula qualquer tipo de negociação que estivesse em andamento com a Secretaria de Educação. É aquele tal negócio: vou tentar um acordo amigável contigo, mas só para garantir vou te jogar na Justiça como quem não quer nada…

Greve sem fim – O desembargador Constantino Brahuna disse que decidiu pelo fim da greve por conta de que o movimento não pode ser indeterminado. Não entendi, afinal de contas, quem vai estabelecer o fim do protesto são as partes podendo ou não entrar em acordo. Ou será que existe um prazo para que as greves aconteçam? Particularmente, nunca vi. Para Aroldo Rabelo, o Judiciário fugiu do assunto.

Petróleo – A ANP comemora o resultado do leilão na Foz do Amazonas, apesar de apenas 14 blocos terem sido arrematados. Para eles, o importante é que foram adquiridos blocos em áreas de águas profundas, em região com perspectivas promissoras e por empresas com capacidade técnica para desenvolver pesquisas que existem alto investimento e conhecimento tecnológico.

Pesquisas – Se as pesquisas forem bem sucedidas, as demais áreas vão acabar se valorizado. Além disso, um dos blocos da costa amapaense alcançou o maior valor já oferecido como bônus (R$ 345 milhões) por um bloco de exploração, em todas as rodadas já realizadas pela ANP.

Futuro – Além desse primeiro momento, existe a perspectiva de investimento de R$ 1,6 bilhão na fase exploratória. Ou seja, para o Amapá tem muita coisa em jogo e as autoridades precisam acordar junto com a população para esse novo momento que está por vir.

Ignorado – Mesmo que o tal lote da foz do Amazonas tenha sido o destaque da rodada, o nome da costa do Amapá praticamente foi ignorado pela imprensa nacional. Para os principais sites de notícias, a 11ª Rodada teve a oferta dos blocos das bacias sedimentares Potiguar, Espírito Santo, “Pará-Maranhão”, Ceará, Pernambuco-Paraíba, Sergipe-Alagoas, Tucano e a Bacia do Recôncavo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s